Fique por dentro do que acontece em Inovação, Projetos, Engenharia e Gestão.

Voltar

Noticia

O Boom da Inovação

Quando começamos a atuar com inovação, em 2001, pouco se falava no Brasil sobre inovar. O mercado estava focado em manter seu mix de soluções ou no máximo fazer Engenharia Reversa para criar novos produtos, a famosa cópia. Por sorte essa prática tem ficado no passado e o Brasil está passando a se destacar como desenvolvedor de inovações de fato lançando novos produtos, serviços e negócios.

Aos poucos o empreendedor brasileiro foi entendendo o porquê de inovar. A inovação passou a ser crucial para diferenciação de mercado e para valorização econômica dos negócios. Tanto as grandes empresas tiveram suas ações valorizadas pelas inovações quanto as startups que conquistaram os investimentos que precisavam para criar corpo e ganhar reconhecimento do público.

O ecossistema da inovação no Brasil está gerando uma mudança no mindset das pessoas, tornando todos potenciais inovadores.

Esse movimento da inovação, que levou ao surgimento de diversas startups, vem se mostrando super lucrativo já há alguns anos. Um exemplo disso foi a venda do Buscapé em 2009 para a Naspers, uma empresa sul africana.

O recente surgimento de startups unicórnio é sinal dessa maturidade que o mercado nacional vem ganhando. 2018 foi um ano em que esse movimento ficou ainda mais claro. Com a venda da 99 para uma empresa chinesa, o Brasil passou a ter seu primeiro unicórnio. E como o mindset de seus fundadores é de inovação, eles não pararam aí, fundaram no mesmo ano a Yellow, uma empresa de compartilhamento de bicicletas e patinetes elétricos no moderno sistema dockless, aquele em que você deixa a bicicleta ou o patinete em qualquer lugar depois de usar (aqui em São Paulo está sendo um sucesso, várias circulando pela rua).

Ainda em 2018 a Nubank, um dos maiores bancos digitais do mundo, também atingiu o nível de unicórnio com investimento conjunto da DST Global de $150 milhões de dólares, com a chinesa Tencent estrategicamente investindo outros $180 milhões em outubro, levando a Nubank a uma avaliação incrível de $4 bilhões de dólares. Outros exemplos que você com certeza conhece é o iFood e a Pagseguro.

E 2019 já começou com tudo, com o japonês Softbank liderando uma nova rodada de investimentos na Gympass. Junto com mais investidores irão aportar US$ 500 milhões. A transação coloca a avliação da Gympass em US$ 1,1 bilhão, o que faz da companhia o novo unicórnio brasileiro.

Fica claro com todos esses dados que o ecossistema de inovação no Brasil vem sendo aperfeiçoado. Como esse aperfeiçoamento vem acontecendo? Com especialização da mão de obra, métodos e ferramentas. Assim, tanto o empreendedor que está estruturando sua startup quanto grandes executivos passam a ter disponíveis pessoas que sabem como inovar, que caminho seguir, como controlar e garantir que o investimento na inovação seja o mais otimizado possível.

E aí, que tal uma mudança de mindset que incorpore a inovação na sua rotina e na de sua empresa? Nós do Innovation Office podemos ajudar. Há mais de 20 anos fazemos a inovação acontecer, as ideias saírem do papel e a lucratividade das empresas disparar.

Você também pode ler mais sobre o assunto nessa reportagem da Forbes: https://www.forbes.com/sites/angelicamarideoliveira/2019/01/23/2019-the-year-of-tech-startup-exits-in-brazil/?ss=consumertech#4ada03375a3a



Entre em Contato