Desenvolvemos, unimos e aprimoramos o que há de mais moderno em métodos, ferramentas e técnicas de engenharia e gestão para levar sua empresa ao sucesso.

Ferramentas que Usamos para Inovar

Nossa Caixa de Ferramentas é composta por mais de 100 ferramentas de projeto, planejamento e controle, gestão, financeiras, criatividade, pesquisa e desenvolvimento. Dependo do tipo de solução que sua empresa necessite, das características e singularidades do projeto, iremos selecionar as ferramentas de inovação que irão agilizar e garantir a entrega de resultados de sucesso para você.


Ferramenta

SWOT

O propósito desta ferramenta é auxiliar na avaliação das Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats) da empresa em relação aos objetivos em questão. As Forças e Fraquezas são geralmente determinadas por elementos internos, enquanto Oportunidades e Ameaças são normalmente ditadas por forças externas.
Passo 1: Identificar as Oportunidades e Ameaças - ao identificá-las fica mais rápido levantar quais pontos fortes e fracos da empresa ou de seus produtos devem ser considerados prioritariamente. Por exemplo, se você descobrir que seu concorrente está para perder um contrato exclusivo de fornecimento nos próximos dois meses, pode usar esta informação para preencher rapidamente um espaço no mercado. Entretanto, muitas das ameaças da empresa estarão baseadas nos pontos fracos levantados.

Para elencar as Oportunidades e Ameaças, pergunte-se - há algum problema ou oportunidade:
• nas estratégias da empresa (metas, visão, missão)?
• nos produtos existentes (características, benefícios, qualidades, problemas de aplicação, venda, vantagem competitiva, etc.)?
• na logística dos produtos fornecidos (métodos de distribuição, satisfação do distribuidor)?
• na precificação dos produtos (seu preço é mais alto ou mais baixo do que o do concorrente, é bem posicionado, é justificável)?
• na informação do mercado-alvo com em relação aos seus produtos (qualidade, diferenciais, especificações, possibilidades de aplicação, etc.)?
• nas necessidades do mercado-alvo em relação aos produtos ofertados pela empresa (ou lacunas de produtos ofertados)?
• na fidelidade do mercado-alvo à marca?
• nas atividades da concorrência? (lançamentos de produto novo, mudanças de preço, novas empresas, etc.)?
• no mercado em geral (alterações nas necessidades, tendências, comportamentos, etc.)?

Ao listar as oportunidades, é importante pensar nos seguintes pontos:

• Solução de problema - identifique os problemas que não costumam gerar reclamação e que podem dar uma grande vantagem a seu produto. Por exemplo, entrevistar um cliente pode revelar coisas como: "Minha batata chips sempre amassa nas sacolas de supermercado no caminho para casa". Uma embalagem nova pode dar a vantagem que o seu produto ou serviço precisa no mercado.
• Ciclo de uso do produto – como é a interação do cliente com o produto ao comprar, usar e descartá-lo? Este método pode gerar novas ideias ou melhorias de produto, embalagem, serviços ou processos.
• Cenários ideais – Pergunte aos clientes da empresa (internos e externos) o que ele deseja. Muitas vezes, esse "Eu gostaria de..." pode levar a uma proposta totalmente nova para um produto, serviço ou processo. Por exemplo, alguém em algum lugar, provavelmente disse, "Eu gostaria de verificar meus e-mails de qualquer lugar!"

Passo 2 – Identificar Pontos Fortes e Fracos - Os pontos fortes podem ser definidos como qualquer recurso disponível na empresa que possa ser usado para melhorar sua participação no mercado ou desempenho financeiro. Os pontos fracos são as questões que podem causar uma perda de vantagem competitiva, posição ou estado financeiro. Classifique os pontos fortes dos produtos ou da empresa por grau de importância. Lembre-se de que muitos de seus pontos fracos serão baseados nas ameaças que você identificou acima.

Para guiar o levantamento SWOT, pense em fatores externos e internos. Os fatores externos, orientados pelo mercado englobam: reputação da empresa/do produto; Market Share; Mind Share; habilidade da empresa/produto para satisfazer as necessidades e tendências do mercado; valor que sua empresa agrega ao mercado; qualidade de seu produto/serviço; qualidade de seu serviço e suporte ao cliente (ou outra área de serviço); qualidade/eficiência das promoções e outros esforços de marketing realizados; preço; distribuição; e, localização geográfica. Os fatores internos englobam: liderança operacional; pontos fortes financeiros; capacidade de fabricação; e, receptividade da força de trabalho.

Lembre-se que geralmente uma ameaça também pode ser uma oportunidade e que um ponto forte também pode ser visto como um ponto fraco - tudo depende do ponto de vista de quem vê.



Entre em Contato