Desenvolvemos, unimos e aprimoramos o que há de mais moderno em métodos, ferramentas e técnicas de engenharia e gestão para levar sua empresa ao sucesso.

Ferramentas que Usamos para Inovar

Nossa Caixa de Ferramentas é composta por mais de 100 ferramentas de projeto, planejamento e controle, gestão, financeiras, criatividade, pesquisa e desenvolvimento. Dependo do tipo de solução que sua empresa necessite, das características e singularidades do projeto, iremos selecionar as ferramentas de inovação que irão agilizar e garantir a entrega de resultados de sucesso para você.


Ferramenta

Brainstorming

O brainstorming pode ser traduzido por tempestade de ideias. É em um método que auxilia na obtenção de novas ideias com possíveis soluções para uma área de interesse específica. É adequado para responder questões simples de forma rápida. A questão problema deve admitir diversas soluções. O objetivo ao utilizar esta ferramenta é gerar diversas novas ideias/soluções para um problema que admite diversas soluções. Sua abrangência vai desde melhoria dos produtos/serviços existentes até a geração de ideias para novos produtos, novos negócios, novos processos.
Passo 1 – Lembrar a equipe dos princípios norteadores do brainstorming - é fundamental para a qualidade da sessão de brainstorming respeitar as regras direcionadoras do mesmo e compreender a importância das mesmas. O Brainstorming é uma ferramenta com 5 regras direcionadoras:

1. Críticas são rejeitadas: não se pode criticar nenhuma ideia, o intuito é gerá-las e não as avaliar. Esta regra é considerada crítica para o sucesso do brainstorming. Por isso tenha sempre em mente:
• Não faça julgamento de nenhuma ideia até a conclusão da sessão de brainstorming;
• Não evidencie que uma ideia não funcionará ou fale de seus aspectos negativos;
• Todas as ideias são potencialmente boas, até a avaliação final;
• Neste ponto, evite discutir as ideias geradas, seja para criticas ou elogios;
• Anote todas as ideias.

2. Criatividade é bem vinda: esta regra serve para incentivar os participantes a realmente falarem todas as ideias que lhe vierem à cabeça, mesmo as mais inesperadas, para permitir a criatividade aflorar.

3. Quantidade é necessário: quanto maior o número de ideias geradas, maior a probabilidade de se obter uma solução ótima. No brainstorming quantidade leva à qualidade.

4. Combinação e aperfeiçoamento são requeridos: busca-se que os participantes, além de darem ideias novas, construam e reconstruam ideias com base nas já citadas.

5. Todas as ideias têm o mesmo valor, independente de quem as tenha dado: todos os participantes do brainstorming têm um ponto de vista válido e uma perspectiva única para o problema e sua solução. Por isso, encoraje a participação de todos.


Passo 2 – Elaborar um enunciado claro para o problema e deixa-lo visível a todos - o problema a ser analisado deve estar claro para todos os envolvidos antes de iniciar a sessão de brainstorming. Deixar o problema em análise visível a todos, durante a sessão de brainstorming, irá auxiliar na manutenção do foco da sessão.

Passo 3 – Organizar os participantes em grupos - cada grupo de geração de ideias deve ter de 5 a 11 participantes. Se desejar trabalhar com mais pessoas, convém dividi-las em grupos que tenham o tamanho mencionado anteriormente. No final, unem-se todas as ideias geradas.

Passo 4 – Eleger secretário e facilitador - cada grupo deve eleger alguém para desenvolver função de secretariado, responsável por anotar as ideias e um facilitador, que deve relembrar as regras e estimular a participação de todos.

Passo 5 – Realizar a sessão de brainstorming - Dar início a sessão de brainstorming e encerrá-la após 30 minutos.

Passo 6 – Organizar as ideias obtidas – agrupar as ideias em categorias. Neste caso as ideias poderão ser classificadas em algumas categorias para auxiliar na posterior avaliação e seleção das mesmas:
• De demorada implementação;
• De rápida implementação;
• De implementação cara;
• De implementação barata;
• De fácil execução;
• De difícil execução;
• De fácil assimilação;
• De difícil assimilação.

Passo 7 – Avaliar e selecionar ideias – por fim, um grupo deve ser formado para avaliar as ideias e escolher as melhores. Convém que o grupo de avaliação seja formado por um número ímpar de pessoas, pois caso não haja consenso e uma votação seja requerida, não ocorra empate.

Passo 8 – Aprovar ideias – as ideias selecionadas devem ser expostas aos grupos para aprovação.

Passo 9 – Finalizar brainstorming - na finalização do brainstorming será obtido um conjunto de ideias para solucionar o problema apresentado inicialmente.



Entre em Contato